Associação dos Antigos Alunos da PUC-Rio

Seja um associado

Após Opera Prima, projeto “Non Park”, de Arquitetura e Urbanismo, vence Prêmio Cebrace Escolha do Público

14 de abril de 2015

Após ser um dos cinco vencedores da 25ª edição do concurso Opera Prima, o projeto Non Park, de autoria da aluna Manuela Da Silva Ramos Muller, e orientação do professor Otávio Leonídio Ribeiro, do curso de Arquitetura e Urbanismo, vence o Prêmio Cebrace Escolha do Público, com mais de 22 mil votos.

O resultado foi divulgado durante a cerimônia oficial de entrega dos prêmios do Opera Prima, no dia 7 de abril. A votação popular foi realizada entre os dias 3 e 31 de março, pelo site oficial do concurso e pelo portal ARCOweb. Nesta categoria, concorreram os cinco vencedores do Opera Prima.
Segundo Otavio Leonidio, o Non-Park é um proposta inovadora sobre como intervir em um sítio degradado, como o Jardim Gramacho.

- Em vez de propor um desenho convencional para o local, o projeto toma partido das próprias limitações do sítio – por exemplo, o fato de o solo ser instável e passar ainda alguns anos se acomodando – propõe uma rede de elementos infraestruturais (plataformas de concreto, mas também pontos de liberação de gás natural, gerados pelo lixo no subssolo), a partir dos quais poderá ocorrer a ocupação do terreno. Um dado crucial sobre o projeto é o fato de não antecipar o desenho final do parque – daí o título, ‘não-parque’; ao contrário, o desenho final será consequência de uma ocupação paulatina, inprevisível, expontânea, explica o orientador.

Empolgado, com a expressiva votação obtida pelo projeto no Prêmio Cebrace, Leonídio julga o Opera Prima como o mais importante de trabalhos de conclusão de curso de arquitetura: “Ele constitui uma oportunidade única para avaliar a produção das escolas no Brasil. Os projetos vencedores este ano me parecem muito bons, e indicam a pauta das escolas onde os trabalhos foram desenvolvidos”, analisa.

Entre 25 finalistas, extraídos de 385 indicações advindas de escolas de arquitetura e urbanismo, os cinco trabalhos vencedores foram selecionados – sem ordem classificatória – pela comissão julgadora nacional, composta pelos arquitetos Carlos Fernando Pontual, César Dorfmann, Jô Vasconcellos e Marcio Kogan.

O Opera Prima é promovido pela revista PROJETOdesign. A participação na 25ª edição foi aberta a alunos que desenvolveram seu trabalho final de graduação e concluíram o curso de Arquitetura e Urbanismo no ano de 2013, em cursos brasileiros devidamente autorizados pelo Ministério da Educação – MEC.
Agora, os projetos finalistas estão submetidos a voto popular para concorrer ao Prêmio Cebrace Escolha do Público. A votação vai ser realizada até o dia 31 de março pelo site http://arcoweb.com.br/operaprima/ e pelo portal ARCOweb.

Os resultados finais do Opera Prima e do #ImagineComVidro – prêmio especial para os trabalhos que demonstrarem uso criativo do vidro, a ata oficial de julgamento e os detalhes dos projetos vencedores serão publicados na edição de abril da revista PROJETOdesign e no site oficial do concurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Please enable javascript to post a comment !

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>