Associação dos Antigos Alunos da PUC-Rio

Seja um associado

Novo reitor da igreja da Puc–Rio

9 de março de 2015

Padre Waldecyr Gonzaga, professor do Departamento de Teologia, assumiu, no dia 1º, a reitoria da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, no campus da Universidade. O cargo era ocupado por padre Djalma Rodrigues de Andrade, que foi nomeado Reitor Emérito da Igreja e agora será também o Diretor Espiritual do Seminário Arquidiocesano São José.

Proveniente da Diocese de Jabuticabal, no interior de São Paulo, padre Waldecyr tem doutorado em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma. Ministra disciplinas como O Cristianismo, Hebraico Bíblico e Introdução à Sagrada Escritura. Como reitor, ele espera contribuir para que a igreja seja cada vez mais um espaço para todos.

Entrevista:

Como o senhor recebeu o convite para ser reitor da Igreja Sagrado Coração de Jesus?

Padre Waldecyr Gonzaga: Foi uma surpresa muito grande para mim, pois, como professor, nunca imaginei que um dia receberia um convite como esse. Além disso, moro em uma paróquia, onde sou vigário e auxilio as atividades pastorais. Apesar da surpresa, o critério que tenho adotado ao longo de toda a minha vida tem sido não recusar aquilo que Deus me pede através da Igreja, em qualquer campo ou qualquer área de serviço.

Quais são as atribuições do reitor da igreja?

Padre Waldecyr: A minha atribuição é, em primeiro lugar, de responsabilidade no campo religioso, porque a igreja, física, é um patrimônio da PUC. O trabalho do reitor capelão precisa ter uma sintonia muito grande com a própria Reitoria da PUC no que diz respeito ao espaço físico. No campo religioso, a função é organizar as celebrações dos sacramentos e todas as missas. O reitor também tem a responsabilidade de ajudar no trabalho da vida pastoral, religiosa e no diálogo e no encontro com o mundo acadêmico, em sintonia com a Pastoral Universitária.

Quais os desafios que o senhor acredita que vai enfrentar?

Padre Waldecyr: Fazer com que a igreja se torne cada vez mais um espaço da Universidade, onde todos possam desfrutar dele em todos os momentos. Ou seja, é colocar a igreja da PUC como um espaço aberto e, com o auxílio da Reitoria e da Pastoral Universitária, criar um espaço comum de trabalho para alcançar os alunos, professores e funcionários. E para que todos percebam que a Igreja do Sagrado Coração de Jesus é nossa, e, se ela é nossa, ela é de todos. Todos podem vir e encontrar-se com o Senhor. Mesmo os que têm outra religião, ou nenhuma, podem vir e encontrar o espaço do Sagrado. Ou seja, um espaço onde Deus se manifesta.

Que projetos o senhor pretende colocar em prática nesse primeiro momento?

Padre Waldecyr: Vamos aumentar o número de celebrações. Após a Páscoa, vamos voltar a ter a missa das 7h30, garantindo duas missas diariamente. O segundo passo é entrar em contato e diálogo com os grupos que nós já temos aqui, como o caso do Grupo de Oração Universitário, formado por alunos, e também a Pastoral Universitária. É necessário respeitar a caminhada e dar continuidade à trajetória que já existe até aqui e toda a contribuição deixada pelo padre Djalma. A partir daí, ir criando os espaços novos que forem necessários, mas sempre preservando a história. Quero manter esse relacionamento de proximidade que sempre tive com os alunos dentro e fora da sala de aula, enquanto professor, agora também como reitor.

Há diferenças entre uma paróquia em um bairro e uma igreja dentro da Universidade?

Padre Waldecyr: Costumamos dizer que não existe um padre solto. Mesmo que desempenhe outras funções, como ser professor, ele sempre está ligado ou a uma congregação ou a uma diocese, e a uma paróquia. Na Universidade, temos o compromisso de colaborar no campo acadêmico e em questões específicas, como a ligação entre ciência e fé. Outro aspecto bonito é o de corresponder com todo o corpo docente e discente da Universidade enquanto espaço sacramental. Temos o compromisso de atender todos aqueles que têm uma ligação efetiva e afetiva com a PUC. Professores, funcionários, alunos e ex-alunos podem participar das celebrações diárias e ter um espaço aberto para receber os sacramentos. Alguém que deseja se casar, batizar um filho, ou ainda ter um contato com a Pastoral Universitária, pode receber todos os sacramentos da iniciação cristã. A igreja é um espaço aberto, litúrgico e de oração. Os que aqui trabalham ou estudam encontram a presença da Igreja, sem precisar sair da Universidade.

Serviço

A secretaria fica atrás do presbitério e o acesso  é pela lateral esquerda do altar. Oferece atendimento  para o sacramento da confissão e direção espiritual. Na ausência de um sacerdote, o interessado receberá informações sobre os horários para receber o atendimento.

A secretaria funciona de segunda a quinta-feira, das 7h30 às 12h e das 13h às 20h, e sexta-feira, das 7h30 às 12h. Missas semanais às 7h30 (após a Páscoa) e às 12h. Sábado, às 18h, e domingo, às 11h, 18h, 19h15 e 20h30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Please enable javascript to post a comment !

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Últimas Notícias

  • 30 de março de 2020

    Programa de Bolsas da Fundação Estudar

    Quer apoio financeiro para fazer sua graduação, duplo diploma ou intercâmbio acadêmico no exterior? Quer entender melhor sobre o programa e como é fazer parte da maior comunidade de transformadores do Brasil?

    Conheça o Programa de Líderes, o programa de bolsas da Fundação Estudar.

    O programa (...) Leia mais

  • 23 de março de 2020

    Edital de Inovação para a Indústria: Missão Contra Covid-19

      O SENAI acaba de lançar uma nova categoria no Edital para Inovação da Indústria: a Missão Contra Covid-19, que apoia e financia projetos que desenvolvam soluções de impacto aos problemas gerados pela p